LEADS – Guia para Criar o Principal Ativo da sua Empresa – Lista de E-mail

leads01Antes de tudo, vamos entender um pouco o que vem a ser o termo LEADS.

Afinal, o que são Leads?

Dentro do marketing digital o termo leads se tornou muito comum entre as empresas.

Foi uma mudança de postura adotada pelas empresas que passaram a tratar seus visitantes como futuros clientes em potencial.

Métodos foram implantados com o propósito de gerar contatos.

Com disso:

 “Qualquer visitante que informasse seus dados em troca de algum tipo de conteúdo (isca digital), passou a ser intitulado como lead.

Porém a forma de se gerar leads anteriormente ocorria de forma um tanto quanto “agressiva” onde a prática do SPAM e compras de listas de e-mails era algo muito comum no meio do marketing digital.

Hoje, a geração de leads ou até podemos dizer, a criação de listas de e-mail para as empresas se tornou um dos principais ativos, senão o maior ativo fundamental para o sucesso da mesma.

Se você é uma pessoa que está iniciando no marketing digital ou já trabalha no segmento já faz algum tempo e que ainda não criou de forma consistente sua lista de e-mail, esse artigo é para você.

leads02

Muitas pessoas ainda focam sua atenção nas redes sociais como Google Plus, Twitter, Facebook e Youtube e acabam por não dar a devida atenção em capturar e-mails a fim de criar e/ou aumentar a sua lista de e-mail.

Não que elas não tenham sua importância, mas o e-mail marketing ainda continua sendo a principal estratégia para o marketing digital.

Vamos observar alguns dados:

  • O e-mail marketing, no ano de 2012, teve o extraordinário ROI (Retorno Sobre Investimento) de 4000%, pasmem;
  • Só no ano passado (2015) a utilização de e-mails bateu recordes. Foram mais de 205 bilhões de e-mails disparados diariamente em todo o mundo.
  • De todos os usuários de internet, hoje existentes, 82% possuem uma conta de e-mail;
  • Pessoas que fazem parte de uma lista e recebem newsletter por e-mail tendem a gastar 83% a mais;
  • 72% dos internautas verificam a sua caixa de entrada de e-mail 6x ou mais diariamente.
  • 35% dos empresários utilizam o smartphone para checar seus e-mails.

 

Bem, assimilado os dados? Então ao ler esse artigo, você vai constatar como a geração de leads é de suma importância para você criar sua lista de e-mail marketing efetiva.

Qual a importância em se capturar Leads e criar uma lista de E-mail

Muitas são as expressões ligadas a esse assunto:

“O dinheiro está na lista”. (The Money’s in the list)

“O dinheiro está no relacionamento com a lista”.

Tráfego é dinheiro”.

Lista de e-mail é uma ótima fonte de tráfego

Tudo bem, você pode ter um blog muito bacana e com excelente conteúdo. Bons artigos, iscas digitais, Landind Pages, infoprodutos e tudo mais.

Pode fazer vendas, ter visitas, gerar receita, mas pense. Qual a identidade que você tem com aqueles que visitam seu blog?

Qual a relação construída com aqueles que compraram um produto ou serviço que você oferece? Ficou apenas na compra?

Mas isso tudo não adianta se as pessoas não vão até você, e se vão, não criam “raízes” o suficiente para ficar, tornarem-se leads e fazer parte da sua lista de e-mail.

Uma lista de e-mail com leads consistentes é a via, é a artéria principal para o tráfego chegar ao seu blog.

E acredite, o tráfego é extremamente fundamental para seu negócio online.

leads03

E outra coisa. Uma vez que sua lista de e-mail é criada, cuidada e firme, ela, acima de tudo, ela é sua (literalmente) e diretamente ligada ao seu blog. Que também é seu.

Já ouviu a expressão: “propaganda boca a boca”, isso é antigo.

Mas hoje, com a internet e redes sociais se tornou viral. Basta observar como algumas notícias ou fatos levam pouquíssimo tempo para se tornar conhecidos ao público.

Sendo assim…

É esse o ponto onde quero chegar. Ainda que pessoas não comprem de você diretamente, elas podem consumir seus conteúdos, gostar deles e compartilhar.

E com isso, outras pessoas tomarão conhecimento, irão gostar, comprar e também levar adiante agindo da mesma forma.

Isso é fantástico! Portanto, mais do que “vender”, relacionar-se com a sua lista de e-mails é a base de tudo

Sendo assim, seja e procure a melhor forma de ser útil a ela.

Pois as pessoas estão cansadas de serem usadas, enganadas.

Faça a diferença mostrando para as pessoas que bons relacionamentos ainda são capazes de serem desenvolvidos, mesmo neste mundo “louco” em que vivemos.

E você verá, com certeza, que dinheiro, tráfego e tudo mais será apenas uma consequência de um relacionamento saudável.

Porém, além das resultantes acima, também existem outros motivos os quais não poderia deixar de mencionar:

  • A interação com seus clientes, leitores e seguidores, tende a aumentar e melhorar consideravelmente;
  • Com ela você converte mais vendas (seus infoprodutos e produtos afiliados) e gera mais receita;
  • Terá um aumento no tráfego para seu blog;
  • Efeito viral – melhor divulgação dos novos conteúdos, aumento de visitas, e compartilhamentos;

 Com que propósito sua lista de e-mail deve ser criada

Antes de contratar seu serviço do e-mail marketing e até mesmo quais as ações a tomar para criar sua lista de e-mails, o mais sensato a fazer é definir os propósitos que irão nortear a construção da sua lista de e-mail.

Apesar de entender que existem inúmeros propósitos, vou listar apenas nove, porém você tem toda liberdade para definir outros conforme sua conveniência:

  1. – Divulgar e impulsionar os artigos do seu blog;
  2. – Comandar a sequência de lançamentos;
  3. – Captar leads a fim de orientar, lapidar e capacitar;
  4. – Realizar ciclos promocionais de seus infoprodutos e produtos de afiliados;
  5. – Desenvolver autoridade e posicionamento com base nos assuntos ligados ao seu nicho e conteúdos gerados consequentemente;
  6. – Promover seus vídeos do seu canal do Youtube;
  7. – Manter seus leads engajados e envolvidos;
  8. – Fazer com que as pessoas desenvolvam mais empatia e interesse por sua marca e negócio;
  9. – Possuir um canal direto e pessoal de comunicação com cada pessoa, após se tornarem clientes.

5 Elementos Básicos para se criar sua lista de E-mail

1 – Você precisa ter um software de e-mail marketing para gerenciar sua lista de e-mails.

Conhecida também como auto responder, é a ferramenta principal que vai te ajudar a gerenciar todas as ações de envio e recebimento de seus e-mails.

Após ter feito toda a integração do auto responder com seu blog, páginas de captura, todos os dados de seus clientes seguem para o sistema.

Feito isso, dá-se início às configurações necessárias para começar a programação de envio de e-mails para seus clientes, uma vez que os dados dos mesmos já se encontram armazenados.

Como disse relacionamento é tudo.

Agora é só dar o start ao envio da sequência de e-mails a fim de garantir o início do relacionamento pós-cadastro.

Essa ferramenta é muito bacana, pois com ela você poderá:

  • Acompanhar suas taxas de abertura dos e-mails enviados;
  • Criar campanhas e integrar funis de venda;
  • Criar e-mails diversificados e programar o envio dos mesmos;
  • Criar listas, fazer segmentações e diversas sequências de envio;
  • Inserir ciclos promocionais dentro das suas sequências.

Existe uma infinidade de softwares com preços, serviços e funções diferenciados.  Avalie e contrate o que melhor se adequa a você.

Eu recomendo o E-goi (melhor custo-benefício), pois além de ser em português, é excelente e de fácil assimilação e manuseio.

250x250

leads05-e-goi5001                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     

Ele tem um pacote free muito bom (plano E-goi 5001). Vale a pena dar uma olhada.

Mas também existem outros muito bons e de excelente qualidade como: Mailchimp, AWeber, ActiveCamping, KlickMail, e GetResponse porém à um custo um pouco maior.

Você verá a diferença.

2 – Tenha uma, uma não! Várias ofertas relevantes (Isca digital).

Cá entre nós. Já viu pescador sem isca, nem que seja artificial? Eu também não.

Então, é exatamente isso que vai atrair o “peixe”.

Como o próprio nome já a define, é por meio dela que os usuários irão parar na sua lista.

E aí? Está curtindo o artigo? Então junte-se a nós e seja bem vindo!

Parece algo mecânico, mas não é. As pessoas gostam de consumir conteúdos gratuitos.

Mas lembre-se: É você, sua imagem, seu blog e sua reputação em questão.

Portanto esmere-se em fornecer conteúdos relevantes e de qualidade impecável. Apresentação faz toda diferença.

leads05-iscadigital

Quatro pontos: Desenvolva suas iscas de forma a gerar interesse (despertar curiosidade), seja de consumo rápido (tamanho pequeno), vá direto ao ponto (específica e não muito abrangente) e resolva o problema foco (eficaz).

=> Os tipos de iscas => E-books (o mais comum e usual), PDF’s, Check-list, Listas e Sequências, Templates, Webinários, Vídeos, Mapas mentais, Infográficos, Planilhas, Apresentações, Podcasts (áudios), etc.

=> Quais são as que mais convertem => E-books – Templates – Planilhas – Check-lists – Infográficos – Webnários.

=> Quais os melhores locais para colocá-las no seu blog => “The Feiture Box” > na barra no topo do site > na página sobre > dentro dos artigos chaves > na side bar > no final de cada artigo > no meio de cada artigo > na Footer do seu blog > Pop-up’s de entrada e saída > link no menu de navegação > na barra no topo do site (Hello bar).

3 – Procure ter uma página de captura (conhecida também como Landing Page ou Squeeze Page) eficaz e bem elaborada.

A página de captura, como o próprio nome já a define, é também um dos locais onde você pode disponibilizar informações sobre suas iscas digitais.

leads06-pagina-de-captura

Quero recomendar aqui duas ferramentas excelentes para a criação de vários tipos de página para o seu negócio digital: Optimizepress e SqueezeWP.

Seu papel vital é a de converter visitantes em leads.

Nela você coloca informações como: reader, copy, bullet points, imagens e vídeos, etc.

Tudo ligado a sua isca digital a fim de informar ao usuário detalhes do que ele estará consumindo.

Além das informações acima, você não pode deixar de colocar o Call to action, ou chamada para ação.

Local onde o usuário vai ser “fisgado” deixando seu nome e-mail. 

4 – Analise os traços da sua lista com sensibilidade e clareza.

Um passo muito importante nesse processo de construção da sua lista de e-mail é entender as reais necessidades das pessoas.

Ainda que você trabalhe em um nicho já previamente definido e o conheça de forma segura e consistente, é válido ficar atento a todas as vertentes que venham a surgir.

Muitos assuntos podem derivar como fonte de pesquisa, dúvida ou até curiosidade por parte daqueles que integram a sua lista.

Uma dica é que pode ser mais eficiente e perguntar ao seu público o que ele quer. Sim, isso mesmo.

leads07-perfil-lista-de-e-mail

Hoje existem diversos softwares de pesquisa de mercado, onde destaco como uns dos mais eficazes o SurveyMonkeys que pode “tocar” isso para você.

Prático e simples de usar, ele pode te dar as métricas sobre qualquer assunto, sem falar que a versão free é bem completa.

Então não se esqueça: procure entender o perfil da sua lista.

5 – Segmentação é fundamental.

Uma vez que você percebeu a multiplicidade que um perfil pode vir a ter, a melhor maneira de você tirar todo o proveito disso é aplicando uma segmentação.

Na verdade, isso nada mais é do que subdividir identificando as necessidades mais específicas.

leads08-segmentacao-de-lista-de-e-mail

Um exemplo muito simples, onde podemos entender isso é na pesca. Nela existem diversos tipos de anzóis e iscas cada qual para seu tipo de peixe.

Agora pegue esse exemplo e aplique na segmentação.

Cada isca digital a ser criada, visa atender as dúvidas, questionamentos e demandas de determinado tipo de público.

E com a captação do lead, você já irá saber quais os seus interesses sobre determinado assunto com base no tipo de isca que ele buscou.

Com a segmentação em mãos, você poderá organizar a sua lista por “pacotes” de interesse.

Bem, Então é isso. Espero poder ter ajudado a você, caro leitor, a ter uma ideia mais clara sobre importância de se captar leads e construir sua lista de e-mail marketing.

Agora, é aplicar as dicas e ações aprendidas e construir a sua lista de e-mail o mais rápido possível para que você já possa começar a se relacionar com ela.

O artigo te ajudou? Então, compartilhe com os amigos. 

Se você tem alguma dica extra ou dúvida? Deixe seu comentário aqui abaixo e vamos interagir.

Forte abraço, muito sucesso e até a próxima.

Marcelo.

Marcelo

~> http://www.GuiaViverOnlineHoje.com/ - Empreendedor Digital - Sempre acreditei que toda pessoa possui virtudes e talentos que ainda não foram descobertos, os quais podem elevá-la a níveis jamais vistos e alcançados. Empreender transforma, mudou minha vida e a maneira de ver o mundo e as pessoas. Hoje vivo trabalhando com Marketing Digital e ajudando outros a conquistarem seus sonhos e ideais por meio desse segmento tão transformador.

Website: http://www.guiaviveronlinehoje.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *