Gatilhos Mentais – 14 tipos para você conquistar na arte da persuasão e impulsionar suas vendas (1.3)

Gatilhos MentaisGatilhos Mentais – 14 tipos para você conquistar na arte da persuasão e impulsionar suas vendas.

Já percebeu que ao longo do dia tomamos inúmeras decisões? Muitas simples e rápidas. Entretanto, outras mais complexas e delicadas.

Mas uma coisa é certa, em todas elas parte da nossa carga emocional foi empregada, foi consumida seja em uma ou na outra.

Agora, você sabia que com pequenos hábitos simples e saudáveis, podemos simplificar, digo até mais, diminuir consideravelmente essa “sobrecarga” em nossa mente?

Adotando essa atitude diminuímos a fadiga mental que é a resultante de um dia repleto de decisões. Decisões estas que poderiam ser em menor número.

Isto é, uma decisão a menos para se tomar. Parece simples, mas tem uma eficácia tremenda e resultados muito expressivos.

E mais, os bons hábitos são para serem cultivados por todos. Isso mesmo, até por você e eu.

A exemplo disso, conversando com minha esposa, a mesma me contou que assistindo a um programa de TV, a socialite, escritora, empresária e apresentadora Lucília Diniz que é especializada em temas de saúde e bem estar,  mostrou como preparava suas malas para viagens.

Afim de não perder tempo na escolha do que vestir em cada ocasião ao longo de suas viagens, seja de noite ou de dia, ela criou um hábito muito interessante.

Dias antes, ela separava todas as roupas, calçados e acessórios que iria utilizar, e fazia uma espécie de cronograma de uso. Cruzava as peças a fim de criar modelos prontos para poder vestir. Fotografava cada conjunto e elaborava uma espécie de book.

As roupas eram organizadas por local de utilização, dia ou noite, evento, etc. E armazenadas em pequenos pacotes com as fotos dos respectivos conjuntos presas aos mesmos.

Vantagens: não perdia tempo escolhendo o que iria vestir ou calçar para a ocasião x,y e z, tudo organizado no seu devido lugar e o mais importante, menos escolhas e decisões a tomar.

Com base nessa conduta que visa diminuir essa carga de decisões e suas complexidades envolvidas que resolvemos escrever a terceira e última parte desse artigo sobre Gatilhos Mentais –  Técnicas de persuasão que auxiliam e aceleram as tomadas de decisões no dia a dia.

Nos artigos anteriores você aprendeu sobre os nove Gatilhos Mentais iniciais e agora você irá conhecer mais cinco. Os quais, somados aos demais, irão melhorar ainda mais seu domínio na arte da persuasão, comunicação e aumento de vendas.

Vamos aos 5 últimos Gatilhos Mentais:

10 # – Gatilho da Curiosidade

Acompanhe comigo. Você prepara uma sequência de 10 vídeo aulas com o seguinte tema: “ Construa o seu Próprio Negócio na Internet Altamente Lucrativo e Escalável – 10 Passos Testados e Aprovados – Saiba Como… Garantido!”.

Aí você começa a fazer uma divulgação antecipada nas suas mídias sociais, canal do Youtube e Blog. E em três datas distintas você anuncia que irá transmitir as três primeiras vídeo aulas, uma em cada dia.

Ao término do terceiro dia de aula, você explica que para a pessoa ter acesso às demais aulas, ela terá que deixar seu e-mail e clicar no botão abaixo. (chamada para ação).

E entenda que as aulas que você criou foram aulas de primeiríssima qualidade.

gatilho mental - curiosidade

Ou você pode até usar isso em artigos de seu blog. Exemplo: “As cinco leis irrevogáveis para você emagrecer em um mês”. Você começa a ler o artigo e após a segunda lei se depara com “aquela” barrinha de – continue lendo….

Cá entre nós, você, com toda a certeza, vai querer assistir as sete aulas restantes e/ou conhecer as 3 leis que faltaram.

É isso. Você foi pego por um dos Gatilhos Mentais mais usados, o da curiosidade.

Simples assim, esse gatilho desperta na pessoa o interesse em saber o que vem depois. Isso porque ela já teve uma amostra do que está por vir.

Trazendo para a prática. Esse intrigante gatilho mental faz com que você use palavras  específicas visando despertar o interesse do usuário na continuação do conhecimento que começou a adquirir.

11 # – Gatilho da Novidade

Vamos direto ao ponto. Veja o exemplo:  “No Relançamento do produto Marketing de Sucesso 3.0 que acontecerá dia 29/04, às 20hs, Fulano estará trazendo para você: Dicas, Vídeos e Bônus exclusivos. Garanta já a sua inscrição!”

As pessoas adoram novidades. Tudo isso devido ao estímulo que recebemos. Quando somos apresentados a algo novo, uma área do nosso cérebro (o ATS/SN), responde a esse estímulo motivando nosso cérebro a  explorá-lo em busca de recompensa por meio da liberação da dopamina.

 Quanto mais incomum é o objeto/imagem analisado (a), mais estímulo receberemos.

gatilho mental - novidade

É importante saber que nosso cérebro encara o fato mais como motivador para explorar algo do que como recompensa em si. É aí que reside toda nossa confusão com o gosto desenfreado por algo que não se conhecia.

Todos os anos as empresas automobilísticas e de eletroeletrônicos apresentam a nós consumidores, suas novidades e atualizações tecnológicas, por mais simples que sejam.

Isso de fato acontece. Parece engraçado mas é real. Trocamos de carro ou televisor “antigos” apenas pelo fato de algumas inovações quase que imperceptíveis serem acrescidas a estes objetos, tornando-os mais inovadores e modernos.

É importante que todas às vezes em que você utilizar esse gatilho, o que vem de novo (atualização) a ser apresentado em seu produto ou serviço, deve verdadeiramente agregar valor, isto é, justificar a mudança para a nova versão.

12 # – Gatilho do Porque

Certa vez estava na fila do supermercado e pude perceber duas situações que me despertaram a curiosidade e me levaram a uma conclusão depois de alguns dias,  após passar a acompanhar esse acontecido em outros lugares.

Vi um jovem se aproximar da fila com apenas um produto em suas mãos e pedir para passar na frente dos demais, e apesar de não estar perto o suficiente, puder perceber que além de pedir a gentileza, o jovem esboçou algo a mais, o que parecia uma justificativa pelo pedido incomum.

A pessoa cedeu e permitiu sua passagem.

Passados alguns minutos, outra pessoa, mais madura se aproximou em outra fila e procedeu da mesma forma, porém com três produtos em uma de suas mãos. Porém esta, diferente da primeira, apenas se limitou ao pedido.

Esta também conseguiu passar adiante dos demais, mas percebi uma reação de insatisfação das demais pessoas na fila. Sentimento esse que foi diferente na primeira situação. (compreensão e aceitação).

Após analisar outras situações semelhantes em locais diferentes como bancos, pontos de ônibus, etc.

Cheguei a seguinte conclusão: Quando pedimos algo ou uma gentileza, o que for a uma pessoa, a chance da resposta ser positiva é muito maior quando atrelamos ao nosso pedido uma justificativa ou motivo.

As pessoas gostam de ter sempre uma justificativa para suas ações.

gatilho mental - porque

Trazendo para a prática. Procure ser sempre verdadeiro.

Aprendi em minha vida e por criação que a verdade sempre foi e é o melhor caminho.

A verdade, transparência e sinceridade sempre foram o alicerce para a confiança.

Toda vez que oferecer um produto ou serviço, sempre apresente o motivo, a justificativa as pessoas. Tudo isso de maneira transparente e sincera. Assim as pessoas vão começar a confiar em você.

E tenha certeza. Elas percebem quando isso não está de fato acontecendo. Tendem a associar a uma possível estratégia de venda. Principalmente se não houver um motivo ou explicação.

E caso você venha a utilizar os gatilhos de urgência e escassez, procure sempre explicar porque seu curso oferece vagas limitadas ou porque seu produto só será vendido até o dia seguinte.

13 # – Gatilho do Paradoxo da Escolha

Você já teve a sensação de estar perdido em meio a tantas opções de escolha? Já tentou comprar um produto e não conseguiu porque não sabia qual modelo era o mais moderno do mercado?

E isso, vale a máxima: quantidade não é sinônimo de qualidade.

Duas situações distintas:

1ª) Muitas opções de escolha tendem a nos deixar engessados, paralisados e se por um acaso decidirmos por algo, nossa escolha corre fatalmente o risco de não ter sido a melhor.

2ª) Poucas opções de escolha tendem a nos deixar mais seguros, firmados e convictos, e o melhor, rápidos em nossa decisão. E com a satisfação quase que completa de que nossa escolha foi a melhor de todas.

E para exemplificar bem este gatilho, separei abaixo um vídeo do TEDTalks, onde Barry Schwartz, autoridade no assunto, fala sobre o paradoxo da escolha. Observe:

Na prática. Procure ser o mais objetivo possível. Ajude as pessoas diminuindo a quantidade de escolhas no tocante a produtos e serviços que você oferecer. Não seja uma “megastore” de A à Z.

Seja um agente facilitador nas decisões de seu público, conduzindo-as a melhor escolha. Entenda: conduzindo e não induzindo.

Foco, Impacto e Criatividade

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente a atualizações do blog!

Procure simplificar os processos ao máximo deixando apenas o que for de fato indispensável seja em informações e/ou ações a tomar.

Agindo assim, o sentimento de segurança e confiança que irá surgir entre você e seu público só irá crescer.

14 # – Gatilho da Surpresa

Considero este gatilho como um dos melhores, porque não existe nada melhor do que você ser um instrumento para surpreender alguém de forma positiva.

É muito bom quando você recebe algo que estava além do que se era esperado. É assim que esse gatilho funciona.

Quando damos algo para alguém, pensamos não apenas na reação e sentimento de alegria, mas também em como aquilo será e/ou trará benefícios na vida daquela pessoa.

Na prática, via de regra as pessoas não estão acostumadas a receber o “a mais”. Portanto, sempre que possível, procure entregar mais do que prometeu ao seu público. Essa atitude vai demonstrar o quanto você é proativo e está disposto a ajudar as pessoas.

gatilho Mental - Surpresa

Nos anos em que trabalhei no segmento comercial, sempre procurava oferecer um brinde ou algo inesperado. E confesso, isso aumentava consideravelmente a satisfação do cliente em relação ao atendimento recebido e também à compra efetuada.

A gesto de dar causa um efeito tremendo na vida das pessoas. Você se lembra do gatilho da reciprocidade? A satisfação é mútua. Pense nisso: Surpresa e reciprocidade agindo juntos, consegue dimensionar os resultados?

Outra coisa. Nossa reação de equilíbrio, educação e respeito deve surpreender as pessoas em face a críticas e atitudes negativas para com nosso trabalho.

Humildade e inteligência, duas virtudes que devem caminhar juntas. A admiração por você e seus produtos e serviços, são alicerçados na prática dessas duas virtudes.

Espero que tenha gostado desta série.

Forte abraço e até o próximo artigo.

Gostou desse artigo? Então deixe seu comentário.

Então coloque seu e-mail abaixo para se juntar a várias pessoas bacanas do Guia Viver Online Hoje para receber novos conteúdos, vídeos e dicas .

Conteúdo Exclusivo

Insira seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Marcelo

~> http://www.GuiaViverOnlineHoje.com/ - Empreendedor Digital - Sempre acreditei que toda pessoa possui virtudes e talentos que ainda não foram descobertos, os quais podem elevá-la a níveis jamais vistos e alcançados. Empreender transforma, mudou minha vida e a maneira de ver o mundo e as pessoas. Hoje vivo trabalhando com Marketing Digital e ajudando outros a conquistarem seus sonhos e ideais por meio desse segmento tão transformador.

Website: http://www.guiaviveronlinehoje.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *